• Michelle Branquinho

Amor

Atualizado: 28 de Mar de 2020



Eventualmente, em nossas vidas, amamos e somos amados. Experimentamos o amor de diversas formas em nossa vida. O amor é um sentimento que nos torna parcialmente dependentes das pessoas que nos são mais próximas, ao ponto de, se estivermos longe delas, nos tornemos altamente infelizes e até angustiados. Mas como defini-lo?

Na Psicologia, o amor é definido como sendo, não simplesmente o gostar em maior quantidade. É um estado psicológico qualitativamente diferente. No amor,ao contrário do gostar, há elementos de paixão, proximidade, fascinação, exclusividade, desejo sexual e uma preocupação intensa.


Um estudo revelou que os sentimentos amorosos podem levar à inibição da atividade de várias áreas do cérebro ligadas à capacidade cognitiva e ao pensamento crítico; suprimindo a atividade neurológica relacionada com a avaliação social crítica dos outros, e também das emoções negativas. Interessante como isso mostra porque o dito popular: “o amor é cego”, é tão frequente em nossas vidas. Por isso, tendemos a idealizar o parceiro, exageramos nas qualidades dos nossos filhos, e rejeitamos as características menos positivas daqueles que amamos. Sempre enxerguei o amor como um sentimento que pode ser construído ao longo do tempo e requer cultivo diário.


E pra você, o que é o amor?


#dicasdapsi #michellebranquinho

2 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Adoção

Fale conosco

Se você tem perguntas, nós temos respostas.

CONTATO /

LOCAL /

ENDEREÇO /

 michellebranquinho@gmail.com

 (62) 99845-9471

Espaço Absolut

Rua T38, nº 1710, St. Serrinha

Goiânia - GO

© 2020  criado por wearebemdita. Todos os direitos reservados.